MEC autoriza a abertura de mais 36 cursos superiores

MEC autoriza a abertura de mais 36 cursos superiores

A educa√ß√£o superior no país conta com mais vagas. Foi autorizado pelo Ministério da Educa√ß√£o a abertura de 36 novos cursos totalizando 21.380 vagas em 14 institui√ß√Ķes de ensino superior do país.

A maior parte das vagas, 19.200, é para cursos na modalidade a dist√Ęncia.

As demais 2.180 ser√£o ofertadas na modalidade presencial.

A medida est√° prevista em portarias publicadas no Di√°rio Oficial Uni√£o do último dia 23 de julho.

As vagas est√£o distribuídas em uma diversidade de cursos, entre eles, Administra√ß√£o, Publicidade e Propaganda, Gest√£o Pública, Farm√°cia, Biomedicina, Educa√ß√£o Física, Turismo, Nutri√ß√£o, Pedagogia, Direito, Engenharia Civil e Ci√™ncias Cont√°beis. As informa√ß√Ķes detalhadas dos cursos, vagas e institui√ß√Ķes est√£o publicadas no Di√°rio Oficial.

"Além de autorizar o funcionamento de um curso superior, cabe a Secretaria de Regula√ß√£o e Supervis√£o da Educa√ß√£o Superior (Seres) também prezar pela avalia√ß√£o de qualidade.

Uma vez autorizados os cursos, eles v√£o passar por avalia√ß√Ķes periódicas para verifica√ß√£o da qualidade.

Se estiver tudo certo ter√£o o seu reconhecimento e, de tempos em tempos, a renova√ß√£o de reconhecimento do curso", disse o secret√°rio de regula√ß√£o e supervis√£o da educa√ß√£o superior do Ministério da Educa√ß√£o, Paulo Almeida.

Balanço de 2021

Desde o início deste ano foram autorizadas 126.000 novas vagas de cursos de gradua√ß√£o e tecnológicos. Desse total, s√£o 112.185 vagas para a educa√ß√£o à dist√Ęncia e 14.207 para o ensino presencial.

A Administra√ß√£o lidera em número de novos cursos autorizados, foram 31, seguido por Pedagogia com 26 novos cursos, Gest√£o de Recursos Humanos com 18, Direito com 14 e Psicologia com 12.

Requisitos para a abertura de novos cursos

As institui√ß√Ķes que querem ofertar um curso superior devem estar credenciadas pelo Ministério da Educa√ß√£o e encaminhar para a pasta um pedido de autoriza√ß√£o por meio do sistema e-MEC.

O processo tem etapas que envolvem a an√°lise de documentos como o projeto pedagógico do curso, o contrato do imóvel e o rol de docentes, além da realiza√ß√£o de visita a institui√ß√£o sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Caso a instituição seja aprovada em todas as etapas, a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) publica ato autorizativo no Diário Oficial da União.

"Cabe ressaltar que, mesmo em tempos de pandemia, o Ministério da Educa√ß√£o tem feito todos os esfor√ßos necess√°rios para o bom desenvolvimento da educa√ß√£o superior brasileira, tendo finalizado o primeiro semestre de 2021 com mais de oito mil atos autorizativos publicados no Di√°rio Oficial da Uni√£o, um recorde histórico em compara√ß√£o aos últimos sete anos", afirmou o secret√°rio Paulo Almeida.