Governador entregou obras, reduziu tarifas e lançou nova Caravana da Saúde nesta semana

Governador entregou obras, reduziu tarifas e lançou nova Caravana da Saúde nesta semana

Para fortalecer a saúde pública e a infraestrutura do Estado, o governador Reinaldo Azambuja promoveu uma série de atividades nesta semana. Entre elas o lan√ßamento da Nova Caravana da Saúde, com foco em cirurgias eletivas e exames, além de entregar obras na regi√£o Sul e reduzir a tarifa da cobran√ßa de √°gua aos municípios que fazem parte da Sanesul.


Governador em Mundo Novo


Os trabalhos come√ßaram na segunda-feira (29) com entregas de obras no interior do Estado. Em Mundo Novo entregou e lan√ßou a pavimenta√ß√£o de avenidas e vias públicas, para melhorar as condi√ß√Ķes de vida dos moradores, além de firmar conv√™nio com o município para aquisi√ß√£o de material para obras urbanas e tapa buracos.

Também contemplou outros setores na cidade, como saneamento b√°sico, esporte e a unidade da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Mundo Novo, onde lan√ßou o novo curso de Agronomia, com 50 vagas, e firmou o conv√™nio no valor de R$ 7,8 milh√Ķes para constru√ß√£o do Parque Analítico e Herb√°rio no campus.


Governador em Naviraí


Para cidade de Naviraí, foram mais de R$ 60 milh√Ķes em investimentos, tendo como destaque a licita√ß√£o para pavimenta√ß√£o da MS-290, conhecida como estrada da "Balsinha", que vai ligar a BR-163 até a MS-280, passando pelos municípios de Naviraí, Itaquirai, Iguatemi até chegar a Juti.

"Vamos autorizar a licita√ß√£o da t√£o sonhada MS-290, que é a estrada da Balsinha, que era esperada pelo setor produtivo. Esse sonho era também do deputado Onevan (Matos). S√£o 31 quilômetros que ligam a BR-163 até à MS-280, que se trata de uma obra de integra√ß√£o", descreveu o governador.

Na quinta-feira (02) o governador também assinou conv√™nios para obras de infraestrutura nos municípios de Jatei, Iguatemi, Aral Moreira, Ponta Por√£ e S√£o Gabriel do Oeste. Os investimentos s√£o em diferentes setores como assist√™ncia social, infraestrutura urbana, rodovias, logística e fomento a economia local.


Nova Caravana

O governador lan√ßou, nesta semana, a Nova Caravana da Saúde, que ter√° um investimento de R$ 120 milh√Ķes e vai seguir com procedimentos até outubro de 2022, em 11 de atividades voltadas para popula√ß√£o do Estado. O foco é reduzir as filas das cirurgias eletivas e a realiza√ß√£o de exames de diferentes especialidades.

S√£o 70 mil procedimentos médicos de média e alta complexidades ser√£o realizados em Mato Grosso do Sul, entre eles as cirurgias ortopédicas, vasculares, oftalmológicas, de otorrinolaringologia e urológicas. No rol de exames aparecem resson√Ęncias magnéticas, tomografias computadorizadas, ultrassonografias, cardiovasculares, de cintilografia, endoscopia e colonoscopia.

"A pandemia paralisou as cirurgias eletivas e os exames em todo o Estado. Em 2020 e 2021, os hospitais tiveram que parar esses servi√ßos para se dedicarem ao atendimento à covid-19. Nisso, criou-se um passivo enorme de pessoas aguardando na fila. Pelo menos 70 mil. Ent√£o, hoje retomamos a Caravana, contratamos hospitais públicos e abrimos o credenciamento para hospitais privados", afirmou o governador.

A Caravana seguir√° em duas modalidades: "Opera MS" e "Examina MS", com atendimentos exclusivos em unidades hospitalares e clínicas médicas credenciadas pelo Governo do Estado. Até o momento, 39 estabelecimentos de saúde de 34 municípios aderiram à Caravana. A expectativa é ampliar o número de unidades de saúde. "Se precisar vamos aumentar os procedimentos e colocar mais recursos".


Redução da tarifa

Redução da tarifa de água da Sanesul

Depois de seis meses de estudo da Agems (Ag√™ncia Estadual de Regula√ß√£o de Servi√ßos Públicos de Mato Grosso do Sul), o governo do Estado vai tornar a conta de √°gua mais barata para consumidores de 68 cidades do Estado, que s√£o atendidas pela Sanesul. A tarifa mínima que era cobrada pelo servi√ßo n√£o vai mais existir, o que vai beneficiar 215 mil famílias e 40 mil comércios, além da redu√ß√£o de 3,13% na tarifa média.

Novos veículos da Sanesul

Com o fim da tarifa mínima, as famílias que tinham contas de R$ 53,00 passar√£o a pagar apenas a taxa de liga√ß√£o no valor de R$ 13,00. O governador ainda promoveu a unifica√ß√£o da tarifa de esgoto em 50%, assim 11.250 clientes ter√£o redu√ß√£o na conta. "É uma grande remodela√ß√£o tarif√°ria construída pela nossa ag√™ncia de regula√ß√£o e que ser√° publicada hoje e ter√° validade a partir de 1¬ļ de janeiro".

Para Sanesul, o governador ainda entregou 87 pick-ups, 57 motos e sete caminh√Ķes, que se tratam de um investimento de R$ 11 milh√Ķes. Eles ser√£o distribuídos para as 10 regionais da Estatal, que operam nas 68 cidades do Estado. Também haver√° a reforma e revitaliza√ß√£o da antiga Casa Pantanal, que agora vai se transformar em Espa√ßo Sanesul.


Novos secret√°rios

O governador também deu posse aos novos secret√°rios da gest√£o estadual. Entre eles o deputado estadual licenciado Eduardo Rocha, que assumiu a Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gest√£o Estratégica) e Marco Aurélio Santullo como Secret√°rio Especial do Escritório de Assuntos Estratégicos com os Municípios da Casa Civil. O evento ocorreu no auditório da Governadoria.

Reinaldo Azambuja explicou que foram levados em conta os critérios técnicos para escolha dos novos quadros para administra√ß√£o estadual e que ambos v√£o contribuir muito para atual administra√ß√£o estadual, que segue para o 8¬į ano de mandato no ano de 2022.

Governador no Codesul (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

Nesta semana ainda teve reuni√£o do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integra√ß√£o Sul), em Curitiba, onde o governador defendeu projeto de logística com o no setor ferrovi√°rio para escoamento da produ√ß√£o e viabiliza√ß√£o da Rota Bioce√Ęnica, assim como a redu√ß√£o da emiss√£o de carbono nos estados.

Também participou da formatura de 48 novos oficiais da Polícia Militar, que passaram por dois anos de forma√ß√£o, após aprova√ß√£o no último concurso público para categoria, realizado em 2018. Foi a primeira turma após instala√ß√£o da Academia de Polícia Militar (APM/PMMS), em Campo Grande.

Leonardo Rocha, Subcom
Fotos: Chico Ribeiro