Vacina CoronaVac tem eficácia global de 50,38% nos testes feitos no Brasil, diz Instituto Butantan

√ćndice aponta a capacidade da vacina de evitar casos sintom√°ticos da Covid-19, tanto leves como graves. Dados completos foram divulgados nesta ter√ßa (12)

Vacina CoronaVac tem eficácia global de 50,38% nos testes feitos no Brasil, diz Instituto Butantan

A vacina CoronaVac registrou 50,38% de eficácia global nos testes realizados no Brasil, segundo informou o Instituto Butantan em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (12).

Chamado de efic√°cia global, o índice aponta a capacidade da vacina de proteger em todos os casos – sejam eles leves, moderados ou graves. O número mínimo recomendado pela Organiza√ß√£o Mundial da Saúde (OMS) e também pela Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria (Anvisa) é de 50%.

A CoronaVac é uma vacina contra a Covid-19 que usa vírus inativados. Ela é desenvolvida pelo laboratório chin√™s Sinovac em parceria com o Butantan, que é vinculado ao governo de S√£o Paulo.

A taxa de efic√°cia de 78%, apresentada pelo Instituto Butantan na última semana, foi calculada considerando somente casos de Covid-19 com pontua√ß√£o maior ou igual a 3. Este c√°lculo compara o número de casos entre o grupo vacinado e o grupo que recebeu placebo, uma subst√Ęncia neutra.

O estudo não calcula a eficácia para evitar casos de pacientes assintomáticos da Covid-19, ou seja, não estima quantos voluntários receberam a vacina e tiveram a doença, mas não apresentaram nenhum sintoma, o que corresponde ao grau 1 da OMS.